terça-feira, 16 de maio de 2017

Prefeita de Sossego substitui festa com bandas por entrega de cestas básicas a população carente

Imagem: Adamastor Chaves
Numa decisão acertada, econômica e social, a Prefeitura Municipal de Sossego, no Curimataú paraibano, fez a permuta de gastos entre festa de rua com bandas musicais de forró, que seria no dia 29, sábado, por 300 cestas básicas que irão alimentar 300 famílias carentes do município, onde aproximadamente 1.500 pessoas serão beneficiadas. A decisão foi da prefeita Lusineide Oliveira que entendeu ser muito mais útil alimentar quem precisa do que fazer gastos com bandas musicais nesse momento crucial financeiro que passam a maioria das prefeituras da Região.


“As contratações de bandas musicais para o festejo de rua no aniversário do município, implicariam em gastos excessivos, enquanto que empregando essa despesa em cestas básicas vamos proporcionar, para aqueles que receberem o benefício, dias de alimentação com os seus familiares. Infelizmente o momento não é propício para gastos com festividades, ficando para outra oportunidade quando houver melhor regularidade no abastecimento d`água, agricultura e outros itens que fomentam os setores financeiros e produtivos do município”, disse a prefeita Lusineide Oliveira.

A entrega das Cestas Básicas as pessoas carentes está programada para a manhã de sábado, 29, com aqueles devidamente relacionados pelo setor social da prefeitura. Salvo a festa de rua, que foi permutada por cestas básicas, as demais atividades cívicas, sociais, culturais, esportivas e religiosas estão sendo realizadas normalmente, obedecendo a programação previamente estabelecida pela Comissão Organizadora dos Festejos de Aniversário do 23º Ano de Emancipação Política do município.

Material de limpeza

No mesmo caminhão baú que transportou as 300 cestas básicas, aproximadamente 3.600 kg de gêneros alimentícios, também chegaram vários volumes (itens) com materiais de limpeza, que ficam armazenados para distribuição equitativa com os órgãos públicos do município.


Com Adamastor Chaves

0 comentários: