terça-feira, 2 de maio de 2017

Ex-presidente do sindicato e secretária de educação de Nova Palmeira, tenta intimidar paralisação descontando nos salários dos professores

Secretária Edilândia - Imagem: Alex Barros
Com determinação da Secretária Municipal de Educação, Edilândia Ferreira, do município de Nova Palmeira, no Seridó da Paraíba, professores que participaram da paralisação em virtude ao descumprimentodo do reajuste do piso nacional, levaram falta e tiveram descontos em seus respectivos vencimentos.


O que mais surpreende a essa atitude da secretária é que, até o final de 2016, a mesma ocupava o cargo de presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Seridó e Curimataú paraibano – SINPUC, contrariando totalmente seu discurso e sua base no que se refere aos movimentos sindical e sociais.

Segundo informações apuradas, a gestora foi nas salas de aulas conferir quais professores estariam ou não aderindo ao movimento. Procedimento esse que contraria os princípios do movimento sindical que tanto o defendia.

Com as faltas descontadas em seus vencimentos, consequentemente, o ano letivo não terá seus 200 dias letivos completados e alunos da rede municipal de ensino serão prejudicados.

O SINPUC lamenta o ocorrido e tentará resolver da melhor forma possível esse procedimento considerado constrangedor e desrespeitoso aos profissionais do magistério.

Desde a criação em 2008 dLei n° 11.738, que instituiu o piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica, pela primeira vez o município de Nova Palmeira tem resistência ao reajuste. 

Na próxima quarta-feira (03/05), como definido em assembleia através do SINPUC, os professores irão fazer mais uma paralisação na rede municipal de ensino de Nova Palmeira. Na última terça-feira (25/04), houve a primeira paralisação.

Segundo publicação numa rede social, o vice-prefeito Luís Neto (PSB) disse que na próxima quinta-feira (04/05), irá reunir-se com os professores juntamente com  o prefeito Ailton Gomes (PDT) e a secretária municipal de Administração, Ilza Mendonça, na tentativa de solucionar esse problema.

Nova Palmeira Notícia




0 comentários: