sexta-feira, 13 de maio de 2016

Lira diz que julgamento de Dilma não chega aos 180 dias: “não é bom para o país"


O senador paraibano Raimundo Lira afirmou que o julgamento do mérito do Impeachment da presidente Dilma, iniciado após o afastamento da mesma nesta quinta-feira (12), não irá durar os 180 dias previstos, pois segundo ele “ é um prazo que criaria uma expectativa muito grande e não é bom para o País”.


O senador afirmou que a defesa terá tempo “justo” para apresentar seu projeto de amparo contra a condenação. O prazo para a presidente apresentar a defesa será de 20 dias corridos, contados a partir de ontem.

O mandado de citação a Dilma foi assinado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, que também tomou posse como presidente do processo de impedimento da presidenta.

Imagem: Divulgação 
WSCOM


0 comentários: