segunda-feira, 9 de maio de 2016

Jornalista denuncia ter sido agredido com socos e pontapés por diretora de hospital em Pocinhos, na PB

Paolloh
O jornalista, Paolloh Oliver denunciou hoje ter sido agredido à tarde com socos e pontapés pela diretora do hospital da cidade de Pocinhos, no Agreste paraibano, Normilda Cavalcante, popularmente conhecida como "Branca". O profissional de imprensa foi ao hospital para colher informações sobre a morte do paciente Aluísio Silva, 60 anos, ocorrida naquele centro de saúde na noite do último sábado (7) e a respeito da qual os familiares disseram ter havido negligência da equipe médica de plantão.


Ao chegar no hospital, "Branca" teria se incomodado com a presença do jornalista e passou a agredi-lo com socos e pontapés.

"Realmente, a diretora me deu vários socos e chutes quando eu fazia perguntas sobre o que aconteceu", confirmou Paolloh.

Ele contou ainda que sua equipe de reportagem também teria sido ameaçada e intimidada pelo chefe da Guarda Municipal, Walter Pitbul e por um integrante da secretaria de infra estrutura conhecido como Alessandro Coxinha.

Paolloh foi à Delegacia de Polícia Civil da cidade para registrar um Boletim de Ocorrência por lesão corporal.

Imagem: Reprodução 
Parlamento PB


0 comentários: