terça-feira, 26 de abril de 2016

Senado elege Raimundo Lira (PMDB-PB) para presidir comissão de impeachment


Aceito com a plena consciência da responsabilidade que exige essa tarefa, disse o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) logo após ser eleito presidente e relator da comissão. Ele disse que as discordâncias são próprias do regime democrático. Agradeceu pela confiança que lhe foi depositada.


Raimundo Lira foi eleito por aclamação presidente da Comissão Especial do Impeachment. Uma questão de ordem leva à votação nominal do candidato indicado a relator, Antonio Anastasia (PSDB-MG).

Raimundo Lira foi o indicado pelo PMDB para presidir a Comissão do Impeachment no Senado. Ele está na sua segunda legislatura como senador. Lira já havia ocupado o cargo entre os anos de 1987 e 1994. À época, ele foi eleito pelo PMDB. Mas em 1989, foi para o PRN (partido no qual Fernando Collor se elegeria presidente). Em 1994, tentou a reeleição pelo PFL e perdeu. Depois deste período, ficou afastado da política. Em 2010, ele entrou como suplente de Vital do Rêgo Filho. Lira assumiu a cadeira no Senado após Vital ir para o TCU em 2014.


Imagem: Reprodução/Folha de São Paulo 
Com Novo Jornal

0 comentários: