domingo, 17 de abril de 2016

PT defende redução do mandato de Dilma e novas eleições, diz colunista


Com a derrota na votação do processo de impeachment na Câmara dos Deputados, neste domingo (17), o Partido dos Trabalhadores (PT) e ministros devem discutir com Dilma Rousseff na próxima terça-feira (19) a possibilidade de a presidente enviar ao Congresso Nacional uma proposta de redução de seu próprio mandato e de convocação de eleições presidenciais ainda neste ano. A informação foi divulgada pela colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo.

Leia mais no Nova Palmeira Notícia

De acordo com a jornalista, a ideia proposta pelo diretório do PT é que a presidente desista de dois anos de mandato mesmo se for inocentada pelo Senado pelos crimes de responsabilidade. A sugestão do partido também prevê que o novo presidente, eleito por voto direto, tenha mandato de seis anos, sem reeleição. 

"A ideia de redução do mandato de Dilma e da convocação de 'diretas já', se aprovada no PT, pode ser levada oficialmente à presidente nos próximos dias. A proposta conta com apoio entusiasmado de parlamentares do partido e até mesmo de ministros. Outras legendas já foram informadas e podem aderir a ela", afirmou Bergamo em sua publicação.



Imagem: Reprodução 
O Tempo

1 comentários: