terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

PF apreende R$ 290 mil com gerente da Petrobras


Um dos alvos da Operação Acarajé, a 23º fase da Operação Lava Jato, Armando Trípodi, gerente de Responsabilidade Social da Petrobras, guardava uma pequena fortuna em casa. Os policiais encontraram R$ 290 mil, mais uma quantia ainda não especificada em dólares. Em um vídeo divulgado pela PF, agentes aparecem contando o dinheiro, organizado em cima de uma mesa. 
Egresso do sindicalismo ligado ao PT, Trípodi foi chefe de gabinete dos presidentes José Eduardo Dutra e José Sérgio Gabrielli, ambos petistas. A PF descobriu que o lobista Zwi Skornicki pagou "serviços de automação" no apartamento de cobertura de Trípodi. 
Imagem: Reprodução/Polícia Federal 
Época

0 comentários: