domingo, 21 de fevereiro de 2016

Na Paraíba, em seis horas chove o volume previsto para uma semana

Chuvas alagaram plataformas de ônibus do Parque Solon de Lucena  (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Em seis horas, entre a madrugada e a manhã deste domingo (21), choveu em João Pessoa quase o equivalente ao previsto para uma semana do mês de fevereiro, de acordo com os dados pluviométricos da Defesa Civil da capital paraibana. Segundo o coordenador do órgão, Noé Estrela, choveu aproximadamente 59 milímetros no período analisado. A chuva registrada causou pontos de alagamento na cidade e uma árvore caiu sobre dois carros.


De acordo com Noé Estrela, os alagamentos registrados já eram esperados pela Defesa Civil. “Quando há um volume muito grande de chuva em um pequeno intervalo de tempo, alguns locais do município concentram muita água. O esperado é que, ao passar a chuva, em cerca de 40 minutos a água seja escoada”, disse.

Ainda segundo o coordenador da Defesa Civil, quando o alagamento não baixa o volume após o tempo esperado, o órgão aciona a Secretaria de Infraestrutura de João Pessoa (Seinfra) para que seja analisado o motivo do alagamento. “Normalmente é uma galeria pluvial que está com algum bloqueio”, explicou.

Neste domingo, apenas dois pontos registraram alagamento de mais de 40 minutos. Um no bairro Costa e Silva e outro na avenida Epitácio Pessoa. Além destes pontos, também foram registrados alagamentos temporários na Praça Napoleão Laureano, em frente ao prédio da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), no Varadouro e no trecho onde ficam as plataformas de ônibus do Parque Solon de Lucena.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, apenas um chamado foi feito no período por causa das chuvas. Uma árvore caiu em cima de dois carros no estacionamento da igreja do Rosário, no bairro de Jaguaribe, por volta das 7h40. Ainda segundo os bombeiros, não havia ninguém dentro dos veículos e, após o chamado, a árvore foi cortada e removida do local.


Imagem: Walter Paparazzo 
G1

0 comentários: