quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

CAMPINA GRANDE PB: Em assembleia, professores decidem entrar em greve


Os professores da rede municipal de Campina Grande decidiram entrar em greve durante uma assembleia geral realizada na tarde desta quarta-feira (24). As aulas estão suspensas a partir desta quinta-feira (24). Os professores recusaram a proposta de reajuste ofertada pelo prefeito Romero Rodrigues e exigem o cumprimento da progressão de carreira profissional. Com a greve, cerca de 32 mil alunos ficarão sem aulas.


Segundo o coordenador de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema (Sintab), Napoleão Maracajá, a proposta foi feita para começar a partir do mês de maio, mas a categoria quer que data base seja retroativa ao mês de janeiro. A assembleia aconteceu na Associação dos Atletas do Banco do Brasil (AABB), em Campina Grande

Na última sexta-feira (19), o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) anunciou um reajuste salarial de 11,36 % para os professores da rede municipal de ensino. A assessoria de imprensa da prefeitura disse que será mantida a data base oferecida.

Imagem: Reprodução/TV Paraíba

G1

0 comentários: