segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Liberados da prisão os servidores do Detran-PB que haviam sido presos em operação


Quatro servidores do Detran-PB que foram presos durante uma operação da Polícia Civil em João Pessoa suspeitos de participar de uma organização criminosa responsável por fraudes em processos realizados no órgão foram liberados da Central de Polícia Civil da Capital. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (11), pelo delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos, Nélio Carneiro. A prisão de seis pessoas ocorreu na quinta-feira (7), em bairros de João Pessoa.

Leia mais no Nova Palmeira Notícia


Segundo o delegado, as seis pessoas foram presas por força de mandados de prisão temporária. Mas, como os quatros contribuíram para as investigações policiais, o tempo de prisão não foi prorrogado. 

“Os quatro contribuíram com as investigações. Eles forneceram dados e documentos que vão contribuir para o esclarecimento dos fatos. Como a prisão temporária é de cinco dias, eu decidi não pedir à Justiça a prorrogação da prisão. Entretanto, vão responder em liberdade. Dois continuam presos e serão ouvidos na tarde desta segunda (11). Eles também poderão ser liberados”, falou o delegado Nélio Carneiro.
Operação
Servidores do Departamento (Detran-PB) foram presos, na madrugada desta quinta-feira (7), suspeitos de participar de uma organização criminosa responsável por fraudes em processos realizados no órgão. Entre os suspeitos, estão dois servidores que ocupam cargos de chefia e uma auditora de processos. A operação que desmantelou a quadrilha foi deflagrada por volta das 3h, pela Polícia Civil e Corregedoria do Detran. Foram cumpridos mandados judiciais em João Pessoa e Santa Rita.
Imagem: Reprodução/Jorge Filho
Portal Correio

0 comentários: