terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Cidades já registram chuvas acima da média de janeiro em região do interior da PB

Rio Pilão, em Serra Branca
Com as chuvas registradas pela Agência Executiva das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) nos últimos dias, algumas locais da região do Cariri paraibano já acumulam chuvas acima da média histórica do mês de janeiro. Até a segunda-feira (18), quatro cidades já tinham mais chuvas que o previsto para o mês.


De acordo com dados do órgão, o município que registrou o maior aumento foi São José dos Cordeiros. A média local nos meses de janeiro é de 23,6 mm e o acúmulo de chuva nos 18 primeiros dias de 2016 já chega a 100,7 mm.

Segundo a meteorologista da Agência Executiva de Gestão das Água do Estado da Paraíba (Aesa), Marle Bandeira, essas chuvas já eram previstas por conta do fenômeno vórtice ciclônico. “Geralmente em anos de El Niño os vórtices atuam com maior frequência, provocando essas chuvas de pré-estação entre dezembro e fevereiro”, disse ela.

Em Monteiro, o nível de precipitação já é o dobro do esperado. Neste ano, a cidade já registrou 89,3 mm, quando a média é de 42,6 mm. Na cidade de Caraúbas, historicamente, se registra em janeiro uma média de 21,2 mm e atualmente as precipitações já são de 39,4 mm acumulados. Por fim, Cabaceiras, onde passam os rios Taperoá e Paraíba, também já tem chuvas acima da média, que é de 15,6 mm. A Aesa já registrou 25,7 mm até a segunda-feira.

Ainda de acordo com a meteorologista, as chuvas neste período são boas também para a recarga dos reservatórios, pois deixam o solo úmido, faciltando a passagem da água com as chuvas da estação. “Se as condições continuarem boas, as próximas chuvas farão com que a água escorra com maior facilidade pelos rios, já que estão úmidos, para encher os reservatórios”, frisou Marle.


Imagem: Halison Jorge/Arquivo Pessoal 
G1

0 comentários: