terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Avô mata neto com tiro de espingarda após confundi-lo com ladrão na PB


Um adolescente, de 15 anos, morreu na noite de segunda-feira (4), após ser baleado no peito pelo seu avô, de 86 anos, que o confundiu com um assaltante. O caso foi registrado no sítio Salgadinho, na Zona Rural de Alhandra, cidade na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com a Polícia Civil, o neto, que morava com o avô, chegou em casa por volta das 22h50 (horário local). O avô estranhou a movimentação, acreditou que fosse um assaltante e atirou com uma espingarda calibre 32. O tiro atingiu o tórax do adolescente.


Conforme informações da Polícia Militar, o adolescente chegou a ser encaminhado para o hospital de Alhandra, mas não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade. A arma usada pelo avô foi apreendida pela Polícia Militar no sítio e encaminhada para delegacia da cidade. O pai da vítima e filho do suspeito informou que o adolescente morava com o avô e que o sítio era alvo de assaltos constantemente.

“O idoso cria gado no sítio. Tivemos informações dos parentes dele que o roubo de animais no local é frequente. Talvez por conta disso o idoso tenha se assustado e achado que o neto era mais um ladrao de gado”, comentou o sargento Nunes, da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar de Alhandra.

O caso foi registrado pelo delegado plantonista de Alhandra, Paulo de Oliveira Martins e o titular da delegacia, Francisco Basílio deve assumir as investigações. Após balear o adolescente, o idoso fugiu do local. Até a manhã desta terça-feira (4), a polícia continuava em busca do idoso.


G1

0 comentários: