domingo, 1 de novembro de 2015

Polícia registra quatro homicídios em menos de 9 horas na PB


A polícia registrou quatro homicídios em João Pessoa entre a noite do sábado (31) e o início da manhã deste domingo (1º). As vítimas são homens com idades de 43 a 18 anos. O suspeito de um dos assassinatos foi preso em flagrante.


O primeiro crime da noite do sábado, segundo a polícia, foi registrado às 21h40 (horário local), no bairro do Grotão, quando um homem de 23 anos foi morto a tiros. O segundo caso foi registrado na comunidade Santa Clara, no bairro do Castelo Branco, quando um jovem de 18 anos foi morto a tiros. O suspeito deste crime, segundo a polícia, foi preso ainda durante a noite do sábado (31), durante uma operação coordenada pelo Batalhão de Polícia Ambiental na mesma comunidade onde ocorreu o homicídio.

Já durante a manhã deste domingo, por volta das 5h20, um homem de 43 anos foi morto a facadas no bairro do Varadouro e, por volta das 6h, um jovem de 25 anos foi morto a tiros no bairro de Mangabeira. A polícia não forneceu detalhes das possíveis motivações de cada crime.

Suspeito preso

Segundo a polícia, o suspeito do homicídio na comunidade Santa Clara, também foi autuado por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo e foi reconhecido por uma vítima como autor de um assalto. No momento da prisão, o suspeito portava duas armas de fogo e tentou fugir pulando muros, mas em seguida conseguiu ser capturado.

Na mesma comunidade, na noite do sábado, também foi preso um homem de 21 anos, com uma arma de fogo (revólver calibre 38) e com 90 trouxas de maconha.  Na residência, também estavam três adolescentes de 14, 16 e 17 anos. Na ação ainda foram apreendidos dois rádios comunicadores, oito munições calibre 12 e duas munições calibre 38.

Violência em João Pessoa

Em entrevista concedida à TV Cabo Branco na última quarta-feira (28), o secretário de Segurança na Paraíba, admitiu que a sensação de insegurança em João Pessoa é "real e que o cidadão tem razão", mas que a polícia tem se empenhado para evitar que novos crimes aconteçam. “Esse pico, esses casos não vão continuar, pode ter certeza”, disse.
Ao longo da semana passada, alguns casos de violência em João Pessoa ganharam destaque, entre eles, o caso da criança baleada quando comemorava o próprio aniversário no Bairro Treze de Maio, na segunda-feira (26), e dois homicídios em menos de uma hora, no mesmo dia, na Zona Norte da cidade. Diante disso, o secretário contou que a polícia vai realizar operações diariamente e começa a partir desta quarta-feira a operação ‘Fecha Batalhão’. “Ninguém vai dar trégua para criminoso, bandido. A ordem é reforçar”, disse o secretário.


G1

0 comentários: