segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Ex-jogador famoso, Zinho de Picuí, pode ser preso


O ex-jogador de futebol Sebastião Cândido da Silva, o popular Zinho, 50 anos, trava com sua ex-mulher, Fátima Cristine Ventura, uma batalha jurídica para tentar reaver valores pagos para custear um tratamento de saúde inexistente na filha do ex-casal.


Zinho disse que Fátima Ventura o enganou com a notícia de que sua filha precisava se tratar de leucemia. “Ela me ligava até de madrugada, dizendo que nossa filha iria morrer. Vendi três imóveis para bancar o que nunca existiu. Perdi tudo”, lembra.

O ex-atleta revelou que a própria filha também dizia estar com a doença. Ele conta que começou a desconfiar da estória contada pela ex-mulher por nunca ter recebido o laudo médico. “Eu pedia o laudo, mas não me davam”, disse.

A defesa de Fátima Ventura disse que estória foi inventada por Zinho para tentar ludibriar a Justiça e que a jovem nunca esteve doente,muito menos com leucemia.

À Justiça, a ex-mulher informou que Zinho parou de ajudar financeiramente a família e não paga pensão há mais de um ano, fixada em dois salários mínimos. Para justificar o pedido, a filha do ex-jogador apresentou atestado de pobreza. Zinho também alega estar sem condições para bancar a despesa: “Falido”.

Zinho ficou conhecido no mundo do futebol por passagens em clubes como a Portuguesa de Desportos, Sport de Recife e São Caetano, entre outros. Paraibano de Picuí, no Seridó paraibano, o ex-atleta hoje vive na cidade de Tangará, no Rio Grande do Norte.

Imagem: Reprodução 
MaisPB


0 comentários: