quarta-feira, 21 de outubro de 2015

PB: Prefeita usa polícia para impedir perfuração de poços realizada por associação


No auge da crise hídrica que afeta todo o estado da Paraíba, uma cena estarrecedora foi registrada na manhã desta terça-feira, 20, na cidade de Boa Ventura, alto Sertão do Estado. A prefeita da cidade, Leonice Lopes Vital (PMDB), usou de força policial para tentar impedir a perfuração na sede de uma associação que fica localizada na sede da Rádio Comunitária Portal do Vale.


Alguns poços estão sendo perfurados numa iniciativa missionária de uma comunidade evangélica com apoio do ex-prefeito da cidade, Fábio Arruda, de sua mãe Natividade Bezerra e o deputado estadual Genival Matias (PTdoB).

De acordo com Fábio Arruda, serão perfurados três poços nos bairros Elias Gonçalo, no Flávio Arruda e na Rádio Comunitária.

“Hoje quando as máquinas começaram a trabalhar no conjunto Flavio Arruda, o secretário da prefeitura foi lá tentar proibir a perfuração do poço, e depois a Polícia Militar foi enviada pela prefeita. Leonice Lopes, querendo prender  os operadores das máquinas”, revelou Arruda.

Os populares se revoltaram com a atitude e uma grande confusão se estabeleceu no local.

A prefeita chegou a pedir reforço ao destacamento da polícia de Itaporanga para impedir a perfuração do poço.

“É lamentável que a prefeita durante todo esse tempo não tenha adotado nenhuma providência para amenizar os efeitos da seca, e por perseguição política ainda venha tentar impedir quem queira fazer alguma coisa”, desabafou o ex-prefeito.

A população de Boa Ventura já realizou vários protestos na região, interditando estradas e queimando pneus, pedindo por água para beber. 

Imagem: Reprodução

Parlamento PB

0 comentários: