sábado, 1 de agosto de 2015

Chuvas fazem cinco açudes na Paraíba sangrarem, diz Aesa


As fortes chuvas registradas nos últimos dias na Paraíba fizeram cinco açudes do estado sangrarem. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (31) pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa). Segundo o órgão, as precipitações do mês de julho melhoraram o nível dos reservatórios localizados na faixa litorânea e no Brejo, porém a situação no Sertão ainda é preocupante.


Os reservatórios que estão sangrando são: Araçagi, na cidade de mesmo nome; Gramame-Mamuaba, no Conde; Jangada, em Mamanguape; Olho D’água, em Mari; e Suspiro, em Serra da Raiz.

Ao todo, 39 reservatórios estão em condição crítica, com menos de 5% da capacidade, outros 36 têm menos de 20% e 44 estão com mais de 20% do volume total. Juntos, todos os 124 açudes acompanhados pela Aesa conseguem acumular 3,7 bilhões de metros cúbicos e atualmente estão com 742 milhões de metros cúbicos. 

“Temos realidades bem distintas. Enquanto que no Cariri e Sertão alguns açudes estão secando, no Litoral os reservatórios estão enchendo”, observou o presidente da Aesa, João Fernandes da Silva. “Entre maio e julho temos uma maior incidência de chuvas na faixa litorânea. No Sertão, as precipitações ocorrem com mais frequência entre fevereiro e abril”, ressaltou a meteorologista Carmem Becker.


G1 PB

0 comentários: