sexta-feira, 29 de maio de 2015

Televisão: Afiliada da Record “entrevista” bandido morto com “exclusividade”; veja o vídeo

Imagem: Reprodução/TV Atalaia
O jornalismo sanguinário praticado por algumas afiliadas Brasil afora ganhou um capítulo à parte nesta quinta-feira (28), quando um repórter da TV Atalaia, retransmissora da Record em Sergipe, conseguiu a proeza de “entrevistar” um bandido morto.


O fato, que mereceu os créditos de exclusivo, deu-se no programa “Tolerância Zero”, apresentado por Otoniel Rodrigues Amado, o Bareta. O profissional cobria uma operação policial que resultou na prisão de dois menores e na morte de outro por roubo a uma mercearia na Grande Aracaju.

Por causa da idade, a dupla capturada não teve o rosto mostrado. O terceiro, esticado no chão após uma troca de tiros com a polícia, não deu “atenção” aos questionamentos do jornalista, que insistia em saber a sua idade. Em seguida, sem graça, o repórter comentou a situação com o apresentador do policialesco.

“Aqui tem mais outro, aqui. Vou saber dele também. Você tem quantos anos [silêncio]? Esse aqui parece que está ferido. Esse aqui Bareta… Por incrível que pareça, eu vou entrevistar um cara que já está morto (risos). Ele está. Ele morreu aqui agora. Agora está aqui o material que foi roubado da mercearia”,relatou.

Assista o vídeo




RD1

0 comentários: