sábado, 31 de janeiro de 2015

Economia: Preço da gasolina dispara nesse domingo (01); Veja os valores na PB


Foto: Divulgação

Com a elevação dos tributos a partir do próximo domingo (01), o preço do litro da gasolina deve superar R$ 3,40 na Paraíba. Os números foram baseados no último levantamento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP), e a estimativa do sindicato do setor, que levou em consideração alta da alíquota do PIS/Cofins, cobrança da pauta do ICMS e o frete.

Nessa quinta-feira (29),  o governo federal publicou o decreto com o aumento das alíquotas dos tributos sobre combustíveis. A alta do PIS/Cofins vai corresponder a R$ 0,22 por litro da gasolina e R$ 0,15 por litro do diesel, a partir de 1º de fevereiro.

Segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Estado da Paraíba (Sindipetro-PB), Omar Hamad, a elevação dos impostos federais do PIS/Cofins somados à nova cobrança da pauta do ICMS e do frete que incidem na formação do valor do litro da gasolina devem resultar em uma acréscimo, em média, de R$ 0,30 no bolso do consumidor paraibano.

A cidade de Sousa atualmente registra o preço médio mais caro do Estado na bomba (R$ 3,13), segundo o último levantamento da ANP. Somados os novos tributos e encargos, o litro deve chegar a R$ 3,43.

Já o preço médio da gasolina mais em conta, que é encontrado no município de Santa Rita (R$ 2,85), com o acréscimo deve subir para R$ 3,15.

Já a capital paraibana, que registra preço médio de R$ 2,88, e Campina Grande, que cobra R$ 3,03, terão novos valores. João Pessoa deve chegar a R$ 3,18 e Campina Grande a R$ 3,33 (Veja no quadro ao lado).

Mesmo com a alta a partir deste domingo, Omar não prevê falta de combustível nos postos neste sábado,véspera do reajuste. "Não acredito que esse fluxo possa causar falta, até porque o valor a ser pago a mais não é tanto assim para essa corrida", pondera.

Um tanque de um carro de 45 litros atualmente em Sousa que cobra R$ 3,13 por litro é R$ 140,5. Com o novo preço, vai subir para R$ 154,35, uma diferença de R$ 14 por tanque. Quatro tanques no mês terão uma alta de quase R$ 60.

Em João Pessoa, o tanque de 45 litros vai subir, em média, de R$ 129,6 para R$ R$ 143,10, uma diferença de 13,50 por tanque. Em Campina Grande, o tanque deve aumentar de R$ 136 para 149,85.

Custos e Tributos

O presidente do Sindipetro-PB destacou que atualmente a margem de lucro dos donos de postos é de apenas 8% do preço do combustível, enquanto a fatia do governo federal e dos estados varia entre 40% e 42% com tributos. Os outros 40% restante são divididos entre distribuidoras, refinarias e frete. Segundo ele, toda a distribuição do país está concentrada em 3 distribuidoras (Shell, BR, e Ipiranga). “Somente a BR Distribuidora concentra mais de 70% da oferta de combustível na Paraíba. Os órgãos de defesa do consumidor e Ministério Público não investigam esta situação, mas a parte frágil sempre é de donos de postos”, criticou. 

Jornal da Paraíba

Com espingarda 12, jovens atiram na casa de idoso que reclamou de som alto no interior da PB

Foto: Reprodução/Portal Correio
Dois jovens foram presos por terem atirado com uma espingarda 12 na porta da casa de um idoso de 62 anos, na madrugada deste sábado (31), na cidade de Conceição, a 482 km de João Pessoa. Ninguém ficou ferido.

A Polícia Militar em Conceição informou que recebeu denúncias de que os dois jovens estariam com um som ligado, alto, do tipo ‘paredão’, em um carro. O idoso teria se incomodado com a situação e reclamado.

Os jovens de 25 e 19 anos foram até a casa da vítima e dispararam um tiro de espingarda 12, de fabricação caseira, na porta. A PM chegou para apurar o caso e prendeu os dois em flagrante.

A dupla foi levada para a delegacia de Itaporanga, cidade que fica na mesma região, e pode responder por porte ilegal de arma, perturbação da ordem pública e tentativa de homicídio.

Portal Correio

Picuí PB: Homem é morto a tiros no bairro Limeira

Foto ilustrativa
Por volta da meia noite dessa sexta-feira (30), foi registrado um  homicídio no conjunto Chico Adauto, localizado no bairro Limeira, em Picuí.

Informações chegadas a redação do ClickPicuí dão conta que a vítima fatal, conhecida por Rafael, se encontrava em casa com sua mãe, uma senhora conhecida por Rita de Pedrão, quando notaram alguém tentando arrombar a entrada da residência. Rafael tentou evitar que o arrombamento acontecesse segurando a porta, mas, o seu algoz disparou e acertou a vítima mais de uma vez, que teve morte no local.

A polícia esteve no local do fato colhendo mais informações sobre o ocorrido e, em seguida encaminhou o corpo para o IML onde será necropsiado e em seguida liberado para o sepultamento.

Francisco Araújo/ClickPicuí
Colaboração: Marcílio Araújo

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Picuí PB: Morre cidadão com disparo de arma depois de entrada no Hospital Regional

Imagem ilustrativa
Na manhã desta sexta-feira (30), deu entrada no setor de urgência e emergência do Hospital Regional de Picuí, um jovem conhecido por Luzenildo - vindo da zona rural – ferido no peito direito por um disparo de arma de fogo.

Informações chegadas a redação do ClickPicuí dão conta que apesar dos esforços da equipe médica para salvar a vida da vítima, o paciente não resistiu e faleceu.

O motorista do veículo que o socorreu não soube informar o que tinha acontecido. A polícia civil foi chamada ao hospital para tomar ciência do fato e iniciar as investigações.

Francisco Araújo/ClickPicuí

SP: Catadora que devolveu 250 mil é chamada para trabalho em hospital

Foto: Rodolfo Tiengo/G1
O Hospital de Câncer (HC) de Barretos (SP) informou nesta sexta-feira (30) que convocou a catadora de recicláveis Ana Maurícia Cruz dos Santos para um processo seletivo na unidade, mas que a jovem de 23 anos não compareceu para participar da seletiva por uma vaga de emprego nesta manhã. A catadora afirmou ter recebido uma promessa de trabalho no hospital, após devolver R$ 250 mil em cheques encontrados nolixo há uma semana.

A assessoria de imprensa do HC informou que Ana Maurícia foi convocada para os testes agendados para esta sexta por ofício entregue na quinta-feira (29), após tentar, durante três dias, falar pessoalmente com a catadora, mas sem êxito. Inicialmente, o hospital não havia confirmado interesse em contratar a jovem. Segundo a proprietária da cooperativa onde Ana Maurícia trabalhava, ela não comparece ao serviço desde segunda-feira (26), quando foi ao local apenas para gravar uma entrevista para televisão. O G1 tentou contato com Ana, mas seu telefone estava desligado até as 11h desta sexta.

“O Hospital de Câncer de Barretos vem a público para informar que agendou o processo seletivo de vagas da catadora de material reciclável, Ana Maurícia de Souza, para esta sexta-feira, 30 de janeiro de 2015, às 8h. Mas a mesma não compareceu à entrevista”, afirmou a assessoria do HC em nota enviada à imprensa. "Por três dias estivemos em sua busca, sem sucesso. A instituição também enviou um portador com carta convidando-a para estar na presente data (30 de janeiro de 2015), igualmente sem resposta, porém, com protocolo assinado por sua irmã, dando conta do interesse do Hospital em tê-la nos quadros da fundação", continuou a nota. Segundo o hospital, a vaga a que Ana Maurícia concorria era para os departamentos de nutrição ou de hotelaria.

Apesar da ausência, a unidade confirmou que ainda tem interesse em contratar a jovem, mas relata dificuldade. “O Hospital de Câncer de Barretos insiste que tem a intenção de ter uma colaboradora com o grau de desprendimento de Ana Maurícia trabalhando em um dos postos disponíveis da instituição. Mas em vista do atual cenário, o Hospital gostaria de partilhar a dificuldade de realizar o expresso desejo de Ana Maurícia de trabalhar na instituição”, disse no texto.

Ausência no trabalho

A catadora completaria na quinta-feira (28) quatro meses de trabalho na cooperativa de recicláveis onde encontrou os cheques de R$ 250 mil com doações ao Hospital de Câncer. Mas, segundo a proprietária da empresa, Elizabeth Aparecida dos Santos, Ana Maurícia não comparece ao trabalho desde segunda. “Ela estava em período de experiência ainda e não tem vindo trabalhar e não deu justificativa, fiquei sabendo do que aconteceu através da imprensa”, afirmou.

Segundo Elizabeth, a catadora já foi substituída e não sabe se ela terá o emprego mantido. “Vou ter que conversar com ela, mas não consigo, e eu já chamei outra pessoa para o lugar dela, porque não posso ficar sem funcionário”.

No dia 23 de janeiro, Ana Maurícia encontrou cheques de alto valor no lixo, que foram doados ao Hospital de Câncer e devolveu o material pessoalmente ao diretor do hospital, Henrique Prata, de quem afirma ter recebido uma promessa de emprego na unidade.  

O caso

Ao sair do barracão da cooperativa para recolher papelão no Hospital de Câncer de Barretos no último dia 22, Ana encontrou, em meio ao lixo, um saco transparente com uma agenda e um envelope chamaram a atenção da catadora. Eram R$ 250 mil em cheques, que tinham sido doados ao HC.

À noite, o cunhado dela ligou para o hospital, informando que Ana gostaria de entregar o dinheiro pessoalmente ao diretor-geral da instituição, Henrique Prata. Ao ser informada de que Prata estava viajando, a catadora decidiu procurar um canal de TV local.

Ela disse ter entregado no dia seguinte os cheques nas mãos de Prata, oportunidade em que o diretor do hospital teria lhe oferecido um novo emprego dentro da instituição como recompensa pelo ato. 

G1

  

Participantes de feira de tatuagens mostram modificações radicais no corpo


Reprodução/Correio Braziliense

As imagens lembram personagens criados com efeitos visuais em filmes como Senhor dos Anéis ou  Harry Potter, mas as fotos que ilustram esta página são de pessoas comuns, que trazem essa aparência, digamos, inusitada, para o cotidiano. Na edição deste ano da feira internacional de tatuagens em Caracas, Venezuela, três participantes se destacaram com as mudanças radicais que fizeram no corpo.

Red Skull, Maria José Cristerna e Kala Kaiwi escolheram fazer alterações nada comuns e por isso chamaram muita atenção no evento. Red Skull implantou bolas de titânio na testa e sobrancelhas, e tatuou os olhos.

Reprodução/Correio Braziliense
María José, conhecida como “Mulher vampiro”, também colocou bolas de ferro na testa, presas na boca e furou piercings em várias partes do rosto, além das inúmeras tatuagens na pele e nos olhos. 

Reprodução/Correio Braziliense
Já o americano Kala Kaiwi, que entrou para o Guinness World Records por ter o maior alargamento de orelhas feito naturalmente – sem cirurgia –, mostra irreverência com as pontas de ferro na cabeça, bolas na testa e piercings e tatuagens por todo o rosto, inclusive nos olhos.  

Correio Braziliense

Dupla tenta matar três pessoas da mesma família na Paraíba

Imagem ilustrativa
Três pessoas foram baleadas na noite dessa quinta-feira (29) durante tiroteio no bairro do Rangel, Zona Oeste de João Pessoa. As vítimas, um homem de 29 anos e duas mulheres, de 40 e 29 anos, são da mesma família e conversavam em frente de casa quando foram surpreendidas por dois homens em uma moto. O carona efetuou vários disparos.
O homem e a mulher de 29 anos já cumpriram pena por tráfico de drogas. De acordo com a polícia, o alvo dos bandidos seria o homem e as duas mulheres acabaram feridas acidentalmente.
Os três foram socorridos por viaturas da Polícia Militar e levados para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Conforme boletim médico divulgado na manhã desta sexta-feira (30), as três vítimas já receberam alta.
Até as 8h30 desta sexta-feira nenhum suspeito havia sido preso pela autoria do crime.  
Portal Correio