sábado, 30 de agosto de 2014

Polícia: Registrado três assassinatos em menos de 12 horas em cidade da PB

Imagem: Walter Paparazzo/G1
Em menos de 12 horas foram registrados três homicídios em João Pessoa. Os crimes aconteceram entre a noite de sexta-feira (29) e início da manhã deste sábado (30), no bairros de Mangabeira, Manaíra e Cristo. Segundo informações da delegacia de homicídios, não há informações sobre os suspeitos dos assassinatos, mas as investigações vão continuar.

No bairro de Manaíra foi registrado o primeiro crime, por volta das 22 h. Um homem não identificado morreu ao ser atingido por tiros. De acordo com a polícia, a ação dos criminosos foi gravada por câmeras de vigilância de um residencial nas proximidades do local. No entanto, a vítima não foi identificada pois não portava os documentos.

Quase uma hora depois, às 23h, em Mangabeira VIII aconteceu segundo crime, na comunidade conhecida como 'Iraque'. Segundo informou a polícia, a vítima foi um jovem de 21 anos, residente no bairro de Jaguaribe. Ele foi assassinado após ser atingido por um disparo de arma de fogo nas proximidades de um bar.

Já no início da manhã deste sábado, o corpo de um homem de 47 anos foi encontrado em um terreno baldio, no bairro do Cristo. De acordo com a Polícia, a vítima foi morta a pedradas. O irmão da vítima, Antônio dos Santos, esteve no local e disse à polícia que o irmão era viciado em álcool, mas era muito conhecido e querido no bairro.

G1 PB

Agenda Cultural: Confira o que acontece neste sábado na PB

Imagem: Click PB
A agenda cultural deste fim de semana está repleta de atrações para todos os estilos musicais.  E ainda uma seleção dos filmes que estão em cartaz nos cinemas de João Pessoa.

Sábado

A cantora Renata Arruda comanda uma animada roda de samba, às 14h, na Praça Rio Branco, no Centro Histórico. O show, pelo projeto Sabadinho Bom, comemora a I Festa LésBi e promete embalar a plateia com grandes sucessos de artistas que gravaram o seu nome na história do gênero. A apresentação de abertura traz o trombonista Sandoval Moreno, às 11h30.

Endereço: Praça Rio Branco – Centro
Ingressos: gratuitos
Horário: 11h
   
A banda paraibana Soul Brasil comanda o projeto Esquenta ChoppTime. Na estreia, o grupo de samba recebe os forrozeiros Osmídio Neto e João Lima para participação especial. O projeto acontecerá todos os sábados, recebendo convidados diferentes a cada semana.
Endereço: Chopp Time - Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 3835 - Jardim Oceania

Ingressos: R$ 25
Horário: 15h
 
A banda Os Gonzagas lança o EP 'O candeeiro não se apagou', seu primeiro trabalho autoral, com show no Teatro de Arena do Espaço Cultural. Noite também tem a participação de Seu Pereira e Coletivo 401.

Endereço: Teatro de Arena - Avenida Abdias Gomes de Almeida, 800 – Tambauzinho.

Ingressos: Paraí (MAG Shopping e Shopping Sul) | Música Urbana (Centro)R$ 15 (antecipado) | R$ 20 + 1kg de alimento (ingresso social) | R$ 20 (meia) | R$ 40 (inteira
Horário: 19h

Em turnê pelo Nordeste, o recifense Juvenil Silva traz seu folk rock psicodélico ao palco do Centro Cultural Espaço Mundo, em João Pessoa. A apresentação faz parte do projeto Quanto Vale o Show?, no qual o público paga o quanto acha que deve pelo show.

Endereço: Espaço Mundo -Praça Antenor Navarro, 53 – Varadouro
Ingressos: quanto vale o show?
Horário: 23h
 
Cinema

As obras cinematográficas “Nunca te viram sempre te amei” e “Nimitz: de volta ao inferno”, que fazem parte das mostras Judi Dench e Aventuras Náuticas, são as atrações deste sábado (30) e domingo (31) do Projeto Estacine. A exibição acontece sempre no Miniauditório da Estação das Artes, às 16h. A entrada é gratuita.

“Nunca te viram sempre te amei”
“Nimitz: de volta ao inferno”
 
Lucy

E se nós tivéssemos a capacidade de utilizar uma porcentagem maior do nosso cérebro do que a habitual? E se essa porcentagem chegasse a quase 100%? É justamente isso que sugere o filme “Lucy”, protagonizado por Scarlett Johansson. Após ter sido pega para transportar drogas em seu estômago, Lucy acaba absorvendo essa substância, o que a faz ter esse aumento da capacidade cerebral, desenvolvendo poderes sobre-humanos, como adquirir conhecimento instantaneamente, telecinesia e a ausência de dor. Dirigido Luc Besson (de Nikita e Quinto Elemento), o filme encanta pelos efeitos visuais. Morgan Freeman também está no elenco.
 
Já “No Olho do Tornado” leva o telespectador para dentro desse fenômeno meteorológico. Em uma alusão ao sucesso dos anos 90 “Twister“, o longa mostra a história de um grupo que vive para buscar as melhores imagens de tornados pelo país. Quando um deles atinge a cidade de Silverton, deixando os moradores vulneráveis a vários ciclones instáveis e mortais, é que eles vão ver o quão perto poderão chegar. No elenco, estão Sarah Wayne Callies (The Walking Dead), Richard Armitage (O Hobbit) e Matt Walsh (Se Beber, Não Case).

Click PB

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Nova Palmeira/PB: Ex Secretário de Educação, Alex Barros sofre perseguição política na EMEF Iran Coelho Dantas

Imagem: Alex Barros
Nesta quinta-feira (28/08), o ex Secretário Municipal de Educação do município de Nova Palmeira/PB, professor Alex Barros, foi vítima de perseguição política em seu ambiente de trabalho na EMEF Iran Coelho Dantas da Rede Municipal de Ensino.

O ex secretário retornou suas atividades do magistério na referida escola, desde o dia 1º de agosto. No entanto, estava lecionando nas quintas-feiras e sextas-feiras de cada semana. Com a suposta nomeação da nova vice-diretora, professora 'Ceiça' Costa a essa unidade de ensino, fui 'forçado' a assumir aulas nas segundas-feiras e quartas-feiras, dias esses que o professor Alex Barros cumpre com suas obrigações do magistério na escola estadual desse município. Ou seja, confrontando os horários.

Ao mesmo tempo, o governo municipal descumpre a Lei do Nepotismo, pois o atual Secretário Municipal de Esportes, Juscelino Costa é  irmão da referida futura vice-diretora. 

Professor Alex Barros (Biologia/Ciências)

"Diante de tudo que fiz(emos) pela a educação do município de Nova Palmeira-PB, com tantas conquistas em tão pouco tempo, foi a maior decepção que senti em toda minha trajetória profissional. Me senti como um intruso na escola, como um alguém que não tinha nem se quer o poder de reação. Recebi um 'bombardeio' de alguns professores, insinuando que minha volta a escola seria um problema. Professores que talvez não saibam entender a essência da responsabilidade que assumem diante das crianças, adolescentes, jovens e adultos. 

Queriam me forçar a deixar a Rede Estadual de Ensino, onde os atos legais desse país ainda permite acúmulo de cargo do magistério, na condição de está apto a lecionar em duas escolas com disponibilidade de tempo adequado. 

Procuro cumprir com minhas obrigações. Sempre defendi a socialização entre meus colegas professores para que ninguém pudesse ser prejudicado, diante de toda minha passagem como gestor da Semec - Nova Palmeira. Mantive a fidelidade aos meus superiores prefeitos que me puseram como responsável pela pasta que assumi. Se hoje tenho direito de escolher os meus candidatos é porque sou cidadão e que entendo que vivo num país 'democrático'. 

A 'falência' da educação não está apenas nos investimentos. A falta do compromisso, o 'faz de conta' de ser professor, a gestão escolar e a impunidade, castiga crianças e adolescentes que são os únicos inocentes da história", finaliza o professor Alex.

Caberá as instâncias defensoras dos servidores públicos, o controle social e até mesmo a justiça comum, tomar as providências cabíveis ao caso.

Porém, diante de toda situação, o professor prejudicado recorreu  a diretora Poliana da rede estadual de ensino e as lideranças políticas locais para expor tal situação, e eles foram sensíveis ao problema, manifestando extrema indignação ao fato ocorrido.

Alex Barros
Nova Palmeira/PB Notícia 






População da Paraíba cresce 0,7% em relação a 2013, e o Brasil tem mais de 202 milhões de habitantes, estima IBGE

Imagem: Reprodução/Internet
A população residente na Paraíba é de 3.943.885 habitantes, segundo publicação feita nesta quinta-feira (28), no Diário Oficial da União, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A data de referência utilizada é 1º de julho deste ano. A publicação traz ainda a população residente nos outros 26 estados do país. No Brasil, a estimativa da população é de 202.768.562 habitantes.

Na Paraíba, houve um aumento de 0,7% no total da população residente em relação ao ano de 2013, o que corresponde a 29.464 habitantes. No ano passado, segundo o IBGE, o território da Paraíba contava com 3.914.421 pessoas. A Paraíba é o quinto estado com o maior número de habitantes na Região Nordeste.

Na capital João Pessoa, a população residente saltou de 769.607 para 780.738. Em Campina Grande a população, que era de 400.002 no ano passado, agora é de 402.912 habitantes, segundo a publicação do IBGE. Os números servem de parâmetro para o repasse de recursos aos municípios do país.

O Brasil tem uma população de 202.768.562 habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), publicados nesta quinta-feira (28) no Diário Oficial da União.


O Estado mais populoso, São Paulo, tem 44,03 milhões de habitantes. Já no Estado menos populoso, Roraima, vivem 496,9 mil pessoas.


Os dados do IBGE são estimativas de população no dia 1º de julho de 2014. Além de São Paulo, cinco Estados têm mais de 10 milhões de habitantes: Minas Gerais (20,73 milhões), Rio de Janeiro (16,46 milhões), Bahia (15,13 milhões), Rio Grande do Sul (11,21 milhões) e Paraná (11,08 milhões).

A lista das unidades da federação com mais de 5 milhões de pessoas traz outros seis Estados: Pernambuco (9,28 milhões), Ceará (8,84 milhões), Pará (8,08 milhões), Maranhão (6,85 milhões), Santa Catarina (6,73 milhões) e Goiás (6,52 milhões).


Apenas três Estados têm menos de 1 milhão de habitantes: Roraima (496,9 mil): Amapá (750,9 mil) e Acre (790,1 mil).


As demais unidades federativas têm as seguintes populações: Paraíba (3,94 milhões), Espírito Santo (3,88 milhões), Amazonas (3,87 milhões), Rio Grande do Norte (3,41 milhões), Alagoas (3,32 milhões), Mato Grosso (3,22 milhões), Piauí (3,19 milhões), Distrito Federal (2,85 milhões), Mato Grosso do Sul (2,62 milhões), Sergipe (2,22 milhões), Rondônia (1,75 milhão) e Tocantins (1,5 milhão).

População no Brasil
  • 1 São Paulo 44.035.304
  • 2 Minas Gerais 20.734.097
  • 3 Rio de Janeiro 16.461.173
  • 4 Bahia 15.126.371
  • 5 Rio Grande do Sul 11.207.274

  • 6 Paraná 11.081.692

  • 7 Pernambuco 9.277.727

  • 8 Ceará 8.842.791
  • 9 Pará 8.073.924

  • 10 Maranhão 6.850.884

  • 11 Santa Catarina 6.727.148

  • 12 Goiás 6.523.222

  • 13 Paraíba 3.943.885

  • 14 Espírito Santo 3.885.049

  • 15 Amazonas 3.873.743

  • 16 Rio Grande do Norte 3.408.510

  • 17 Alagoas 3.321.730

  • 18 Mato Grosso 3.224.357

  • 19 Piauí 3.194.718

  • 20 Distrito Federal 2.852.372

  • 21 Mato Grosso do Sul 2.619.65

  • 22 Sergipe 2.219.574

  • 23 Rondônia 1.748.531

  • 24 Tocantins 1.496.880

  • 25 Acre 790.101

  • 26 Amapá 750.912

  • 27 Roraima 496.936

G1 SP
Agência Brasil
Uol



Ciência: Assento sanitário de 2.000 anos usado por romanos é achado na Inglaterra

Imagem: Reprodução/UOL
Arqueólogos encontraram um assento sanitário feito de madeira produzido há 2.000 anos perfeitamente preservado e que pode ser o único existente usado pelos romanos. O artefato foi descoberto no forte Vindolanda, na Muralha de Adriano, em Northumberland, no norte de Inglaterra e pode ter sido usado por soldados de fronteira, cujo trabalho era manter os bárbaros afastados de seus domínios.

O coordenador das escavações do forte, Andrew Birley, já havia desenterrado ouro e prata do local, além de outros objetos relacionados ao domínio romano na região. Ele descobriu o assento sanitário em uma vala cheia de lama, que antes abrigava lixo. Birley acredita que a madeira sobreviveu justamente por causa da lama, que teria deixado o material livre do oxigênio.

"Nós conhecemos muito sobre banheiros romanos a partir de escavações anteriores, que incluíram muitas latrinas romanas fabulosas. No entanto, nunca antes tivemos o prazer de ver um assento de madeira perfeitamente preservado", afirmou a um jornal inglês.

Uol

Economia: Ministra prevê salário mínimo para 2015

Imagem: Reprodução/Chargista Bira
A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, anunciou nesta quinta-feira (28) que o Projeto de Lei Orçamentária (Ploa) elaborado pelo governo prevê salário mínimo de R$ 788,06 a partir de 1º de janeiro de 2015. O valor representa um reajuste de 8,8% em relação aos atuais R$ 724,00.

Segundo a assessoria da ministra, o impacto do aumento do salário mínimo nas contas públicas, com o pagamento de benefícios, será de R$ 22 bilhões em 2015.

Belchior fez o anúncio após entregar o projeto da Lei Orçamentária ao presidente do Senado, Renan Calheiros. Depois de ser entregue ao Congresso, o projeto passa pela análise da Câmara e do Senado e pode sofrer alterações antes de ser aprovado.

O valor do salário mínimo é calculado com base no percentual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do ano retrasado mais a reposição da inflação do ano anterior pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

“O salário mínimo previsto no Orçamento para 2015, a partir de janeiro de 2015, será de R$ 788,06. É a regra que está estabelecida de valorização do salário mínimo”, disse a ministra ao deixar o gabinete do presidente do Senado.
A ministra disse que as “grandes prioridades” do projeto são as áreas de saúde, educação, combate à pobreza e infraestrutura. O prazo para que o Executivo envie sua previsão de como vai arrecadar e gastar os recursos públicos termina sempre no dia 31 de agosto, conforme determina a lei.

Belchior pediu a Calheiros uma “análise rápida” da proposta de modo que seja aprovada até o final do ano, prazo que não precisa ser cumprido obrigatoriamente pelo Congresso. Ainda assim, o presidente do Senado disse que o pedido da ministra poderá ser atendido.

“Coloquei toda a equipe do ministério do planejamento a disposição do Congresso Nacional para os esclarecimentos necessários para que o Congresso possa fazer uma análise rápida do orçamento e poder votá-lo até o final do ano, prazo com o qual o presidente do Senado confirmou que é possível fazer”, declarou Miriam Belchior.

Outros detalhes sobre a proposta orçamentária, segundo Belchior, serão dados durante coletiva de imprensa no Ministério do Planejamento em seguida.

G1 Brasília

Pernambuco perde prazo e 2.832 famílias ficam sem moradia

Imagem: Reprodução/Hélia Scheppa/JC
Em Goiana, Vitória de Santo Antão, Santa Maria da Boa Vista e na pequena Granito, entre outras cidades, há quatro anos 3.817 famílias com renda inferior a um salário mínimo esperavam casas da Companhia Estadual de Habitação (Cehab), pelo Programa Operações Coletivas. Só 94 receberam moradias. Outras 832 podem ou não conseguir. Mas 2.832 famílias, é certo, ficaram à espera do nada. A Cehab, do governo de Pernambuco, perdeu o prazo para usar dinheiro do programa, recursos do FGTS operados pela Caixa Econômica Federal (CEF), e desde o ano passado vem cancelando os contratos com as famílias. Este mês 612 foram descadastradas. A Caixa atribui o fiasco à Cehab, que alega, entre as razões, a inviabilidade financeira do programa.

As contratações ocorreram em 2010, um esforço coletivo: prefeituras e entidades civis cuidariam dos terrenos, o Estado dos projetos e a CEF do dinheiro e fiscalização.

O presidente da Cehab, Flávio Figueiredo, alega que no aspecto financeiro o programa era “muito apertado”. No início, conta, eram moradias isoladas construídas pelo próprio beneficiado e assistência técnica. A Caixa pagaria de R$ 6 mil a R$ 8 mil pelo material de construção e o Estado, de R$ 2 a R$ 4 mil.

Mas os terrenos cadastrados, em encostas e regiões sujeitas a alagamentos, eram inapropriados, alega Flávio. O foco então mudou para grandes habitacionais. Nessa etapa, diz o presidente, as prefeituras não conseguiram os terrenos, que precisavam ser maiores, e submetidos a exigências mais rígidas da Caixa Econômica. Sem área, os projetos não andaram e o que havia começado parou.

“Nessa etapa, tentamos buscar soluções que seriam aportar mais recursos do Estado para completar as casas, uma vez que os programas do governo federal não permitem a correção dos valores conveniados. Você contrata e o que passar, o reajuste, tem que ser pelo Estado, como se não existisse inflação para o governo federal”, afirma.

Os cadastrados começaram a processar a Caixa: amarrados ao programa, eram proibidos de tomar empréstimos e de cadastro em novos programas habitacionais. Pressionada, a Cehab rescindiu os contratos com as famílias e hoje tenta concluir 832 casas inacabadas.

“Politicamente, você imagina o que é chamar os prefeitos e dizer: ‘aquelas casas, que o senhor anunciou, não vão poder ser feitas porque o senhor não arrumou terreno, porque o governo federal não atualiza, não faz a correção dos recursos’. Foi difícil politicamente para a gente. Mas são decisões que precisam ser tomadas”, afirma.

A Caixa Econômica Federal (CEF) deposita na conta da Cehab o fracasso do programa Operações Coletivas. Por coincidência, em 2014 a Cehab registra sua pior execução de obras em cinco anos, diante de um Estado com um déficit habitacional de 230 mil moradias.

O banco se posicionou sobre o programa por nota: “A Caixa ressalta que os cancelamentos ocorreram porque a entidade Cehab não cumpriu com sua obrigação de executar as obras dentro dos prazos contratados. A Caixa informa ainda que concedeu as flexibilizações em termos de prorrogação dos referidos cronogramas.”

BAIXA EXECUÇÃO

Segundo o Portal da Transparência, a Cehab registra o pior nível de execução de obras desde 2009. De janeiro a agosto, este ano ela executou R$ 33,2 milhões em obras, bem abaixo do mesmo período de 2013, R$ 68,2 milhões, e de 2012, R$ 63,8 milhões. Por incrível que pareça, o resultado é no ano do maior orçamento da história da Cehab, R$ 336 milhões.

Flávio diz que a companhia está na “entressafra” de grandes obras, à espera da Bacia Fragoso II, de R$ 76 milhões.

“Historicamente, a Cehab tem alcançado um mesmo patamar de execução de 80% a 90% dos recursos estaduais de 20% a 30% dos repasses”, afirma. “A gente está tendo reflexo também do desaquecimento. Estamos tendo dificuldades financeiras. Não posso negar que este ano a disponibilidade está menor”, diz. “Mas a nossa meta é chegar, ainda no final do ano, no mesmo patamar dos últimos três anos”, garante.

Jornal do Comércio
Uol

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Campina Grande - PB: Bandidos assaltam loja e atiram contra segurança no centro da cidade

Imagem: Márcio Rangel (TV Correio HD)
Dois homens armados invadiram e assaltaram uma loja no Centro de Campina Grande na tarde desta quarta-feira (27). A dupla atirou durante a fuga, mas não houve feridos.

A Polícia Militar em Campina Grande informou que a dupla rendeu clientes e funcionários da loja que fica na rua Major Juvino do Ó, roubou mercadorias e uma quantidade de dinheiro que não foi contabilizada.

Ao saírem na rua, eles fugiram atirando contra um dos seguranças da loja, que teria reagido, mas não houve feridos.

A dupla escapou em uma moto, que já foi localizada pela polícia. Apesar disso, até as 17h15, ninguém havia sido preso.

O circuito interno de monitoramento flagrou o assalto e as imagens já foram repassadas para a polícia, de forma que colaborem com a identificação dos responsáveis. 

Portal Correio

PB: Preso falso médico por exercício ilegal da profissão

Imagem: Reprodução/facebook/4ª Cia de PM Teixeira
Um agente penitenciário lotado em São José dos Campos (SP), com 33 anos, foi preso nesta quarta-feira (27) em Teixeira, no Sertão da Paraíba, por exercício ilegal da Medicina em hospitais do estado.

A Polícia Militar na cidade informou que ele usava nome falso de um médico de São Paulo que está afastado da profissão. O homem preso atuava no Hospital Sancho Leite, em Teixeira, e também em outro localizado em Cacimbas, cidade da mesma região. A PM recebeu denúncias de pessoas que reclamaram do atendimento médico, que seria “duvidoso”.

Além disso, a polícia recebeu informações da Secretaria de Segurança de São Paulo alertando que ele era procurado naquele estado por utilizar na Paraíba o CRM de outro médico. Ele estava afastado do trabalho de agente justamente para que a polícia completasse as investigações.

O falso médico tinha um carro, onde foram encontrados os documentos verdadeiros dele. O homem foi recolhido pela 4ª Companhia de Polícia Militar em Teixeira e levado para a delegacia da cidade, juntamente com todo o material encontrado, como os documentos falsos e carimbos.

Portal Correio

Misteriosa criatura vermelha é achada em praia da Austrália

Reprodução/Twitter(Debz73)
Uma misteriosa criatura de cor avermelhada e parecida com água-viva foi encontrada por uma mulher em na praia de Mudjimba (Austrália).

Aparentemente, a criatura não apresenta membros, boca e olhos.

Debbie Higgs enrolou o achado de 25 centímetros em uma toalha e o levou para casa, onde o colocou em ambiente com água salgada, de acordo com reportagem do "Daily Mirror".

A australiana planeja entregar a criatura a um aquário local para finalmente descobrir do que se trata.

Reprodução/Twitter(Debz73)
 O Globo

Cultura: 'Whole lotta love', do Led Zeppelin, é eleito o melhor riff de guitarra da história

Jimmy Page na guitarra, ao lado de Robert Plant, em 1977 
                 Jim Summaria / Wikimedia Commons
Alvo de acusações de plágio, obscenidade e dona de uma das frases de guitarra mais conhecidas do rock, "Whole lotta love" acaba de ser eleita pela rádio 2 da BBC o melhor riff da história da música. A canção do também britânico Led Zeppelin desbancou rivais de peso, como AC/DC, Beatles, Nirvana, Eric Clapton, Guns N' Roses e vários outros. 

A enquete, onde público e e especialistas — produtores, jornalistas e críticos locais — votaram em suas frases preferidas compostas na guitarra, teve do segundo ao quinto lugar "Sweet child o' mine", do Guns N' Roses (1987), "Back in black", do AC/DC (1980), "Smoke on the water", do Deep Purple (1972) e "Layla" (1970), de Eric Clapton e lançada com seu então grupo Derek and the Dominos (e talvez mais conhecida pela versão acústica).

Outra canções com riffs muito conhecidos também ficaram em posições de destaque. Entre elas, estão "Money for nothing", do Dire Straits (sexto lugar), "You really got me", do The Kinks (nono), "Money", do Pink Floyd (décimo), "Purple haze", da Jimi Hendrix Experience (12º), "Enter Sandman", do Metallica (16º), e o clássico "Johnny B. Goode", de Chuck Berry (17º). Na centésima e última colocação da lista, o duo eletrônico Daft Punk conseguiu vaga com o sucesso "Get lucky", que conta com a guitarra de Nile Rodgers.

Lançada no disco "Led Zeppelin II", de 1969, "Whole lotta love" conta com a guitarra de Jimmy Page fazendo uma frase inspirada no blues. A canção foi acusada de plágio por conta da estrutura musical e as letras devidamente "emprestadas" de "You need love", composta por Willie Dixon e gravada por Muddy Waters em 1962. Em um processo em 1985, Dixon ganhou o direito de ser incluído como autor. Além disso, a canção é acusada de até hoje de fazer referências "pervertidas".

A canção foi música/tema do programa popular da BBC nos anos 70 "Top of the pops". Além disso, foi tocada por Jimmy Page e a cantora Leona Lewis nas Olimpíadas de Pequim, em 2008, para apresentar a próxima edição do evento, em Londres.

O guitarrista comemorou ao saber da eleição.

"Estou estonteado, porque não imaginava que isso aconteceria. Queria um riff realmente empolgante, que as pessoas entendessem e ficassem felizes ao ouvir. Mas ao tocá-lo com o Led Zeppelin, ele se tornou enorme."

CONFIRA OS CINCO RIFFS MAIS BADALADOS:

1) "Whole lotta love", do Led Zeppelin (1969)

2) "Sweet child o' mine", do Guns N' Roses (1987)

3) "Back in black", do AC/DC (1980)

4) "Smoke on the water", do Deep Purple (1972)

5) "Layla", do Derek and the Dominos (1970)

O Globo